Blog de Notícias

Técnico Renato critica arbitragem após derrota no Gre-Nal

Técnico Renato critica arbitragem após derrota no Gre-Nal

Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Técnico do Tricolor reclamou sobre pênalti não dado em Ferreira e penalidade assinalada para o Inter em lance com Kannemann aos 52 minutos do segundo tempo.

Renato aproveitou sua entrevista coletiva após a derrota no Gre-Nal 429 para o Inter por 2 a 1, neste domingo, no Beira-Rio, para criticar a arbitragem. Indignado com a arbitragem no clássico, o técnico do Grêmio disse que as decisões “avacalharam” o campeonato ameaçou colocar o time de transição (sub-23) do clube para disputar o restante do Brasileirão.

A bronca de Renato tem origem em dois lances. Primeiro na disputa de Nonato com Ferreira, que caiu na área do Inter e o árbitro Luiz Flávio, após ouvir o VAR, mandou o jogo seguir. Já no último lance do clássico, a bola bateu na mão de Kannemann e o juiz deu o pênalti. Ele foi novamente alertado pelo VAR e manteve sua decisão. Edenilson converteu a penalidade e decretou a derrota gremista.

– A pressão no final do jogo é uma coisa normal. O que não pode ser normal foi o que aconteceu no pênalti em cima do Ferreira e o pênalti dado a favor do Inter, no braço do Kannemann. Pelo jeito tem gente que não quer que o Grêmio chegue, que sim outro clube grande chegue. Hoje aqui foi inadmissível. Minha bronca com o árbitro é só uma: por que o árbitro não vai ao VAR? – questionou.

Leia no link a matéria na íntegra.

Fonte: Globo Esporte